Light Rider, a primeira mota elétrica impressa em 3D

APWorks, subsidiária do Grupo Airbus, especializada em tecnologia 3D para a impressão de objetos metálicos, é a responsável pela criação da Light Rider. Uma mota elétrica com toda a sua estrutura impressa em 3D.  Pesa cerca de 35 kg e funciona com um motor de 8 cavalos (6KW) que lhe permite alcançar velocidades até aos 80 km/h, passando dos 0 aos 45 km/h em três segundos. As baterias têm uma autonomia de 60 quilómetros.

A estrutura principal, que é de fato impressa em 3D, pesa somente 6 kg, uma vez que foi feita em uma liga de alumínio especial chamada pela APWorks de “Scalmalloy”, que é super-resistente.


O processo de impressão acontece em uma impressora que vai solidificando o pó desse material, camada após camada.  Com essa sobreposição sendo repetida incontáveis vezes, e as peças vão ganhando forma  forma. Esse tipo de impressão chama-se ALM ( Additive Layer Manufacturing – Frabricação Aditiva de Camadas).

light rider, a primeira mota elétrica impressa em 3d Light Rider, a primeira mota elétrica impressa em 3D ALM

De |2017-01-25T21:11:33+00:0025/1/2017|Categorias: Indústria|Tags: , , |0 comentários

Sobre o autor:

Marlon Gomes
Tenho 11 anos de experiência em reparações de electrónica, mas a curiosidade e experimentações provém desde a infância. Há cerca de quatro anos uma nova paixão surgiu: a impressão 3D. Foram três anos de estudos e cerca de um ano, criamos a 3DMartes. Projeto que explorará todo o universo da impressão 3D, com o foco de criar uma marca que seja referência para este universo de três dimensões.

Deixe o seu comentário