Palmilhas feitas à medida com impressoras 3D

Empresas como Pés sem dor e Sols, a primeira brasileira e a segunda americana, resolveu apostar na inovação e explorar toda a potencialidade das impressoras 3D. Como todos sabemos, existem vários tipos e tamanhos de pés, e eles criaram palmilhas sob medida  a fim dar conforto e bem estar, eliminando as dores dos pés, tornozelos e joelhos.

A empresa brasileira tem um fisioterapeuta a acompanhar todo o processo, ele faz uma consulta inicial para entender onde e como são as dores do cliente e conhecer o histórico de problemas dos pés. Em seguida, é feita a avaliação que consiste de:

Uma análise dos pontos de pressão e tamanho dos pés em movimento no baropodómetro;
A mensuração dos pés e do seu formato em scanner 2D ou 3D;
Avaliação da pisada por filmagem do andar.
A partir da obtenção desses dados, o fisioterapeuta faz a modelagem da palmilha ortopédica no computador utilizando um software especializado (CAD). Esse desenho é enviado online para a produção onde é confeccionada a palmilha (CAM). As três etapas do processo são feitas por equipamentos com tecnologia de última geração: o baropodómetro, o scanner 2D (equipamentos alemães), scanner 3D (equipamento inglês) e impressoras 3D.

palmilhas feitas à medida com impressoras 3d Palmilhas feitas à medida com impressoras 3D palmilha 1024x551

Já a empresa americana utiliza uma aplicação para smartphone em que o próprio cliente pode fazer o scan do pé e enviar as imagens a empresa:

O material utilizado chama-se TPU (Poliuretano Termoplástico) é um polímero semelhante ao silicone, mas que não possui tanta flexibilidade e é muito mais resistente às variações de temperatura. Muito utilizado em capas de smartphones, bolas de futebol, mangueiras, etc.

De |2017-01-29T15:23:52+00:0027/1/2017|Categorias: Indústria|Tags: , , , , , , |0 comentários

Sobre o autor:

Marlon Gomes
Tenho 11 anos de experiência em reparações de electrónica, mas a curiosidade e experimentações provém desde a infância. Há cerca de quatro anos uma nova paixão surgiu: a impressão 3D. Foram três anos de estudos e cerca de um ano, criamos a 3DMartes. Projeto que explorará todo o universo da impressão 3D, com o foco de criar uma marca que seja referência para este universo de três dimensões.

Deixe o seu comentário